Mais de 30 pedras de diamantes apreendidas pelo SIC na Lunda Norte.

Os Serviços de Investigação Criminal (SIC) apreenderam trinta e sete pedras de diamantes de diversos quilates, no município do Dundo, província da Lunda Norte, por tráfico ilícito.

No âmbito do combate ao tráfico ilícito do mineral e o contrabando de combustível, o porta-voz da Polícia Nacional na Lunda Norte, Domingos Muanafumo, fez saber que a apreensão dos diamantes foi feita durante uma micro operação que ocorreu nas zonas onde regista-se o surgimento de vários focos de garimpo de diamantes ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC).

Sem revelar o número de cidadãos envolvidos no crime e detidos, o porta-voz disse que durante a operação foram apreendidos mil e 575 litros de combustível, por contrabando e que tinham como destino a RDC. 

Os diamantes foram entregues à Comissão de Arrolamento da Operação Transparência e o combustível à Administração Geral Tributária (AGT), como fiéis depositárias.

Ainda na mesma operação, foram detidos 699 cidadãos da RDC, acompanhados de 117 crianças, por tentativa de entrada ilegal ao território nacional nos postos fronteiriços dos municípios do Cuango, Caungula, Lóvua Chitato e Cambulo.

Estes pretendiam se instalar em zonas de exploração de diamantes e atingir Luanda, capital de Angola. Entretanto, após os trâmites administrativos serão repatriados ao país de origem.

Fonte: E. Juntos

Mais de 30 pedras de diamantes apreendidas pelo SIC na Lunda Norte

Os Serviços de Investigação Criminal (SIC) apreenderam trinta e sete pedras de diamantes de diversos quilates, no município do Dundo, província da Lunda Norte, por tráfico ilícito.

Set 27, 2023 - 09:46
Última atualização   - 09:47
Mais de 30 pedras de diamantes apreendidas pelo SIC na Lunda Norte
© Fotografia por: DR
Mais de 30 pedras de diamantes apreendidas pelo SIC na Lunda Norte

No âmbito do combate ao tráfico ilícito do mineral e o contrabando de combustível, o porta-voz da Polícia Nacional na Lunda Norte, Domingos Muanafumo, fez saber que a apreensão dos diamantes foi feita durante uma micro operação que ocorreu nas zonas onde regista-se o surgimento de vários focos de garimpo de diamantes ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC).

Sem revelar o número de cidadãos envolvidos no crime e detidos, o porta-voz disse que durante a operação foram apreendidos mil e 575 litros de combustível, por contrabando e que tinham como destino a RDC. 

Os diamantes foram entregues à Comissão de Arrolamento da Operação Transparência e o combustível à Administração Geral Tributária (AGT), como fiéis depositárias.

Ainda na mesma operação, foram detidos 699 cidadãos da RDC, acompanhados de 117 crianças, por tentativa de entrada ilegal ao território nacional nos postos fronteiriços dos municípios do Cuango, Caungula, Lóvua Chitato e Cambulo.

Estes pretendiam se instalar em zonas de exploração de diamantes e atingir Luanda, capital de Angola. Entretanto, após os trâmites administrativos serão repatriados ao país de origem.

Fonte: E. Juntos