Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco.

Um morto e 46 feridos é o resultado provocado por um acidente de viação que ocorrido hoje, quinta-feira, na avenida Fidel de Castro vulgo via express no sentido Benfica/Cacuaco, propriamente, no último viaduto da rodovia mais conhecida como “ponte de betão”.

Segundo apurou a kietoeconomia no local, o autocarro que pertencia a empresa Morvic, transportava 51 passageiros para uma missão evengélica à província do Uíge, embateu contra o separador do viaduto e capotou mesmo na descida da ponte.

A ocorrência aconteceu na madrugada desta, quinta-feira, por volta das quatro horas, tendo como presumível causa, cansaço do motorista que segundo relatos dos passageiros fez várias viagens e não teve pausa para o descanso.

A tragédia aconteceu, de acordo com os passageiros, devido a falta tempo de repouso mínino que se deve dar aos motoristas que fazem longo curso, sobretudo, inter-provincial e a fadiga e o sono criaram o que menos se esperava, a desgraça.

De ressaltar que, dos 51 passageiros, havia uma criança com cuidados especiais que teve ferimentos ligeiros enquanto que os 46 feridos foram levados em diferentes unidade sanitárias, nomeadamente Hospital do Prenda e Maria Pia vulgo Josima Machel  enquanto que, quatro (4) passageiros saíram ileso do embate. 

Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco

Um morto e 46 feridos é o resultado provocado por um acidente de viação que ocorrido hoje, quinta-feira, na avenida Fidel de Castro vulgo via express no sentido Benfica/Cacuaco, propriamente, no último viaduto da rodovia mais conhecida como “ponte de betão”.

Jul 14, 2023 - 10:04
Última atualização   - 10:22
Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco
Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco
Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco
Acidente de viação provoca um morto e 46 feridos em Cacuaco

Segundo apurou a kietoeconomia no local, o autocarro que pertencia a empresa Morvic, transportava 51 passageiros para uma missão evengélica à província do Uíge, embateu contra o separador do viaduto e capotou mesmo na descida da ponte.

A ocorrência aconteceu na madrugada desta, quinta-feira, por volta das quatro horas, tendo como presumível causa, cansaço do motorista que segundo relatos dos passageiros fez várias viagens e não teve pausa para o descanso.

A tragédia aconteceu, de acordo com os passageiros, devido a falta tempo de repouso mínino que se deve dar aos motoristas que fazem longo curso, sobretudo, inter-provincial e a fadiga e o sono criaram o que menos se esperava, a desgraça.

De ressaltar que, dos 51 passageiros, havia uma criança com cuidados especiais que teve ferimentos ligeiros enquanto que os 46 feridos foram levados em diferentes unidade sanitárias, nomeadamente Hospital do Prenda e Maria Pia vulgo Josima Machel  enquanto que, quatro (4) passageiros saíram ileso do embate.