Actual governador do BNA prevê reduzir a taxa de inflação até sete porcento.

O novo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Manuel António Tiago Dias, prevê a redução da taxa de inflação até sete porcento, um dos objectivos que consta da sua agenda de prioridades como uma das medidas a ter em conta durante o seu mandato.

Independentemente da conjuntura económica internacional ser adversa, Manuel Dias, deu a conhecer que, pretende igualmente, estabilizar o mercado de câmbio e conforme recomenda a convergência macroeconómica da região da SADC. 

Indicado pelo Presidente da República para exercer a função de Governador do BNA, de acordo com os deputados à Assembleia Nacional, este preenche os requisitos legalmente exigidos para assumir os destinos do Banco Central nos próximos 6 anos.

Manuel Dias ingressou no BNA em 1997, onde ocupou várias funções até a nomeação, em 2016, para o cargo de Vice-Governador, função que desempenhou até então, 2023, antes mesmo de ser designado para o recente cargo de Governador interino do Banco Nacional de Angola.

Em decorrência de uma audição realizada hoje no Parlamento, com vista aferir a idoneidade, capacidade de gestão, competência técnica e experiência reconhecida em economia, direito, contabilidade, banca, finanças e gestão do candidato, foi conferida a legitimidade democrática de Manuel Dias.

O parlamento, no âmbito das suas competências de controlo e fiscalização, cumpre com a realização desta audição prévia ao candidato a Governador do Banco Nacional de Angola, um imperativo constitucional, previsto no nº 3, do artigo 100º da Constituição da República de Angola.

Entre tanto, Manuel Dias foi aprovado  com 24 votos a favor, cinco abstenções e nenhum voto contra.

Actual governador do BNA prevê reduzir a taxa de inflação até sete porcento

O novo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Manuel António Tiago Dias, prevê a redução da taxa de inflação até sete porcento, um dos objectivos que consta da sua agenda de prioridades como uma das medidas a ter em conta durante o seu mandato.

Jun 19, 2023 - 12:40
Última atualização   - 12:48
Actual governador do BNA prevê reduzir a taxa de inflação até sete porcento
© Fotografia por: DR
Actual governador do BNA prevê reduzir a taxa de inflação até sete porcento

Independentemente da conjuntura económica internacional ser adversa, Manuel Dias, deu a conhecer que, pretende igualmente, estabilizar o mercado de câmbio e conforme recomenda a convergência macroeconómica da região da SADC. 

Indicado pelo Presidente da República para exercer a função de Governador do BNA, de acordo com os deputados à Assembleia Nacional, este preenche os requisitos legalmente exigidos para assumir os destinos do Banco Central nos próximos 6 anos.

Manuel Dias ingressou no BNA em 1997, onde ocupou várias funções até a nomeação, em 2016, para o cargo de Vice-Governador, função que desempenhou até então, 2023, antes mesmo de ser designado para o recente cargo de Governador interino do Banco Nacional de Angola.

Em decorrência de uma audição realizada hoje no Parlamento, com vista aferir a idoneidade, capacidade de gestão, competência técnica e experiência reconhecida em economia, direito, contabilidade, banca, finanças e gestão do candidato, foi conferida a legitimidade democrática de Manuel Dias.

O parlamento, no âmbito das suas competências de controlo e fiscalização, cumpre com a realização desta audição prévia ao candidato a Governador do Banco Nacional de Angola, um imperativo constitucional, previsto no nº 3, do artigo 100º da Constituição da República de Angola.

Entre tanto, Manuel Dias foi aprovado  com 24 votos a favor, cinco abstenções e nenhum voto contra.