Volume de negócios entre a Índia e Angola rondam 600 milhões de dólares.

As trocas comerciais entre a República da Índia e de Angola rondam, actualmente, em 600 milhões de dólares norte americanos, mais dois, comparativamente ao ano económico de 2022, segundo a embaixadora da Índia, Pratibha Parkar.

A embaixadora da Índia que falava, segunda-feira, à margem de um fórum de negócios entre 18 empresários indianos e 77 angolanos, disse que, o valor ora mencionado, tende a crescer devido as boas relações bilaterais dos dois países, com realce no tecido empresarial.

A responsável frisou que, o sector agrícola, tecnológico, farmacêutico e de produção de máquinas de engenharia tratam-se dos mais fortes daquele país asiático.

" Os produtos mais importados para Angola nos últimos anos foram do sector farmacêutico, agrícola e industrial (máquinas de engenharia e plásticos)." Explicou, a embaixadora.

Presente no fórum de negócios, esteve o presidente da Câmara de Comércio e Indústria, como não podia deixar ser, Vicente Soares que ao tomar a palavra, afirmou ser importante o estreitamento das relações empresariais dos dois países. 
Acrescentou, igualmente, o Executivo angolano, estrategicamente criou um programa que vem consolidar o avanço de crescimento económico do país que é o Programa de Diversificação da economia nacional.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria, apontou que, este programa visa incentivar e promover o investimento privado, as trocas comerciais, a criação de condições sine  qua non para a concretização de negócios no mercado internacional e nacional, permitindo o desenvolvimento socioeconómico de ambos os países.

Desejou êxitos para ambos os grupos empresariais e finalizou, acrescentando, que a situação político econômico do país é estável e de crescimento contínuo. 

Volume de negócios entre a Índia e Angola rondam 600 milhões de dólares

As trocas comerciais entre a República da Índia e de Angola rondam, actualmente, em 600 milhões de dólares norte americanos, mais dois, comparativamente ao ano económico de 2022, segundo a embaixadora da Índia, Pratibha Parkar.

Maio 21, 2023 - 09:45
Última atualização   - 12:23
Volume de negócios entre a Índia e Angola rondam 600 milhões de dólares
© Fotografia por: DR

A embaixadora da Índia que falava, segunda-feira, à margem de um fórum de negócios entre 18 empresários indianos e 77 angolanos, disse que, o valor ora mencionado, tende a crescer devido as boas relações bilaterais dos dois países, com realce no tecido empresarial.

A responsável frisou que, o sector agrícola, tecnológico, farmacêutico e de produção de máquinas de engenharia tratam-se dos mais fortes daquele país asiático.

" Os produtos mais importados para Angola nos últimos anos foram do sector farmacêutico, agrícola e industrial (máquinas de engenharia e plásticos)." Explicou, a embaixadora.

Presente no fórum de negócios, esteve o presidente da Câmara de Comércio e Indústria, como não podia deixar ser, Vicente Soares que ao tomar a palavra, afirmou ser importante o estreitamento das relações empresariais dos dois países. 
Acrescentou, igualmente, o Executivo angolano, estrategicamente criou um programa que vem consolidar o avanço de crescimento económico do país que é o Programa de Diversificação da economia nacional.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria, apontou que, este programa visa incentivar e promover o investimento privado, as trocas comerciais, a criação de condições sine  qua non para a concretização de negócios no mercado internacional e nacional, permitindo o desenvolvimento socioeconómico de ambos os países.

Desejou êxitos para ambos os grupos empresariais e finalizou, acrescentando, que a situação político econômico do país é estável e de crescimento contínuo.